Apenas 9% das cidades do Estado de SP receberão vacina contra a raiva

Segundo veterinário, sem a vacinação, o risco de o animal morrer aumenta

Ministério da Saúde promete doses até o fim do semestre

O Ministério da Saúde enviou 37% das doses necessárias de vacina contra a raiva para atender todas as cidades do estado de São Paulo. Isso fez com que a Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo enviasse as vacinas apenas para os municípios que tiveram o registro da doença em 2011. São Carlos, no interior de São Paulo, é uma das cidades que não vai receber a vacina.

Segundo a secretaria, 57 municípios em todo o estado receberão as doses, o que significa 9% do total. A campanha deverá acontecer até maio, mas quem definirá as datas são os próprios municípios. Ainda segundo o órgão, a imunização em massa para todas as cidades paulistas só será possível quando o Ministério da Saúde, que compra e distribui vacinas para os estados, encaminhar outras 5 milhões de doses do produto para todo o Brasil.

Em São Carlos, o programa de controle da doença faz o combate ao morcego doente, que é o principal causador da raiva. Quando ele é encontrado, funcionários da prefeitura fazem a captura para realizar testes.

Mas a prevenção ideal, de acordo com Guilherme Marrara, veterinário e representante do Centro de Controle de Zoonoses de São Carlos, é a partir da vacina em cães e gatos. Segundo Marrara, a campanha de vacinação em massa é uma estratégia importante e o aconselhável é que seja feita em todas as cidades do estado ao mesmo tempo.

O veterinário também conta que a raiva pode chegar ao meio urbano e, sem a vacinação, o risco de o animal morrer aumenta.

Segundo o Ministério da Saúde, até o final do primeiro semestre serão enviadas as vacinas para atender ao estado inteiro.

O Ministério lembra ainda que o abastecimento da vacina para humanos está normal. Quem for mordido por cachorro ou morcego deve procurar o posto de saúde para receber o tratamento.

O valor para quem quiser vacinar seu animal em uma clínica particular fica em torno de R$ 20.

Na região

Na região de São Carlos, apenas Rio Claro, São João da Boa Vista, Mococa, São José Do Rio Pardo, Conchal e Tapiratiba receberão as doses. Já na região de Campinas, Campinas, Jaguariúna, Lindoia, Louveira, Nova Odessa, Santa Bárbara D’Oeste, Socorro, Capivari, Piracicaba e Mogi Mirim terão as vacinas. E na região de Ribeirão Preto, Cristais Paulista, Franca, São José da Bela Vista e Ribeirão Preto receberão as doses.

Campanha suspensa

Em 2010, a campanha de vacinação contra raiva foi suspensa no Brasil depois que 210 cães e gatos apresentaram reação e morreram. Os testes foram refeitos diversas vezes e a campanha também ficou suspensa no estado de São Paulo em 2011.

No final de 2011 o Ministério da Saúde começou a distribuir as vacinas, mas dando preferência para outros estados, justificado pelo fato de São Paulo não ter casos de raiva humana desde 2001. O lote que começou a ser distribuído neste ano no estado ainda é referente ao atraso do ano passado.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>