Cães paraplégicos participam de campanha contra maus-tratos em MT

Ziggy espera por um lar em Cuiabá

Animais com deficiência e sequelas de violência aguardam adoção

Cães paraplégicos, vítimas de acidentes e maus tratos, participaram de uma campanha de conscientização realizada neste domingo (3) no Parque Mãe Bonifácia, uma das maiores áreas verdes de Cuiabá, pela Associação Voz Animal (AVA). Hoje, no abrigo da associação existem três cães que usam andador para locomoção e estão disponíveis para a adoção, como explica a presidente da entidade, Maria das Dores Gonçalves da Silva.

Ativos, Xandy e Zig não pararam um instante sequer e chamaram a atenção de todos que compareceram ao evento.

Hoje já adotada, Vidinha foi entregue em pet shop pela antiga tutora para ser sacrificada, mas foi salva depois que uma voluntária da AVA soube do caso e decidiu levá-la para o abrigo.

Com cicatrizes de queimaduras pelo corpo, Costinha foi recolhido da rua, teve os ferimentos curados e agora espera para ser adotado. Segundo a presidente da Associação, o animal é vítima de pessoas que jogam água quente nos cães quando eles procuram abrigo.

A estudante Fernanda Loydi adotou Lari há dois anos e diz que ela só lhe traz felicidade.

Assim como Fernanda, o casal Clarissa e Moacir Botega quis compartilhar a vantagem de se adotar um cão ao invés de comprar. Há cerca de um ano, eles adotaram Luna e Paloma.

Hoje, existem 80 cães e 150 gatos disponíveis para adoção na AVA. Crimes cometidos contra animais podem ser denunciados no Juizado Volante Ambiental (Juvam) pelo telefone (65) – 3642-4064 ou na Delegacia do Meio Ambiente que mantém o telefone (65) – 3314-5808 para denúncias.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>