Cão arrastado na Paraíba aguarda adoção em clínica veterinária

Lino foi resgatado nesta terça-feira (29) e aguarda adoção em um clínica veterinária de João Pessoa

Animal foi arrastado por 700m com saco na cabeça em rua da capital

Após um bom banho e muito carinho, Lino, o vira-latas arrastado por cerca de 700m em uma rua de João Pessoa, agora recebe cuidados em uma clínica veterinária e aguarda adoção. O animal foi resgatado nesta terça-feira (29) por Michelle Oliveira, que é integrante da Associação de Proteção Animal Amigo Bicho.

Um cinegrafista amador flagrou um homem arrastando o cão por uma rua asfaltada em João Pessoa na segunda-feira (28). O animal estava sendo puxado por uma corda e ainda tinha um saco plástico fechado na cabeça que impedia a respiração. Michelle viu as fotos da agressão e resolveu ir até o local para cuidar do animal.

No bairro, uma moradora também ficou sensibilizada com a situação do vira-latas.

Letícia contou que logo em seguida Michelle apareceu na sua porta procurando pelo cachorro. Com a ajuda de outros moradores o animal foi resgatado e levado até uma clínica veterinária.

O veterinário Eclenilson José explicou que o animal tomou um banho com antisséptico e também passou por exames.

Michelle afirmou que quer punição para o homem que foi flagrado arrastando o cão.

De acordo com Michelle, até as 17h (horário local) apenas uma pessoa entrou em contato com a ONG interessada em adotar o cão, que foi batizado por ela com o nome de Lino. As pessoas que quiserem adotar o animal devem entrar em contato pelo telefone (83) 8721-3149.

Michelle trabalha voluntariamente resgatando cães debilitados que ficam nas ruas de João Pessoa. Os integrantes da ONG levam os cachorros para serem tratados em clínicas veterinárias e depois levam para suas casas para os animais serem adotados.

Flagra

O cinegrafista amador que flagrou a ação contra o cão disse que quando rasgou o saco plástico viu o animal desmaiado e tentou ligar para policia. Ele explicou que não era trote, mas nenhum policial esteve no local. Somente após sua abordagem o agressor foi embora deixando o cão para trás.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>