Cão de mulher infectada por ebola pode ser sacrificado na Espanha

Excalibur pode ser morto por autoridades espanholas

Marido de enfermeira quer salvar o animal

Um cão virou o centro das atenções nos noticiários da Europa. As autoridades espanholas querem sacrificá-lo, já que sua tutora, uma enfermeira, foi infectada pelo vírus ebola após tratar um paciente infectado em um hospital de Madri.

O governo regional de Madri diz que matar o cão seria uma

Romero e sua esposa, Teresa Romero Ramos, estão internados em isolamento no Hospital Carlos III de Madri. De acordo com informações, Javier não está infectado pelo vírus ebola. Ele mostra preocupação com a possibilidade de entrarem em sua casa e sacrificarem o animal enquanto está no hospital. Ele disse que deixou bastante água e comida para o cão sobreviver no período de internamento dos tutores.

Javier não acredita que o animal possa ser um risco à saúde pública.

Ainda não há pesquisas definitivas sobre o papel de cães como propagadores do ebola. Foi Um abaixo-assinado na internet para impedir que o animal seja morto já obteve mais de 315 mil assinaturas. 

 

Fonte: Com informações de G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>