Cão que ficou

Cão Nahuel chegou bem a Buenos Aires após acampar com os tutores em aeroportos

Casal acampou 7 dias nos aeroportos de Fortaleza e de Guarulhos

O cão Nahuel, que acampou durante sete dias nos aeroportos de Fortaleza, no Ceará, e de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, chegou bem a Buenos Aires, na Argentina.

Os seus tutores – Berta Monica Denis, de 50 anos, e Marcelo Saccoccio, de 46 – afirmam que todo o esforço feito para evitar que o animal permanecesse muitas horas sedado em um compartimento para bagagens teve um

Já instalados em casa, o casal começa a se estabelecer na capital argentina. Monica, assistente social, já faz entrevistas em busca de emprego.

O casal de argentinos que morou na Itália por pouco mais de 13 anos decidiu voltar definitivamente para Buenos Aires, mas agora na companhia do cão de 8 anos, que não tem raça definida.

No intuito de evitar o desgaste do transporte aéreo para Nahuel, o casal iniciou um verdadeiro périplo há cerca de 18 dias. Eles optaram pela viagem de trem e passaram por França, Espanha e Portugal, onde já se depararam com a dificuldade para se hospedar na companhia do cão.

Sem opção, pegaram um voo até Fortaleza, onde chegaram dia 2. Eles consideraram que uma conexão pudesse ser muito desgastante. A ideia inicial era pegar um trem em algum ponto do Brasil até a capital argentina, quando descobriram que não dispunham dessa alternativa.

A São Paulo, Nahuel e os tutores chegaram na quarta-feira (7) ao Aeroporto de Cumbica. O trio chamou atenção de quem passava pelo aeroporto. Sem poder ficar dentro do aeroporto com o animal fora da caixa, eles mudavam de banco conforme a posição do sol. Eles embarcaram na sexta-feira (9) em direção à capital argentina.

Conexão Pet parabeniza o casal por sua luta e deseja sucesso na capital portenha.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>