Cãozinho morre após ser esquecido dentro de caixa por dona de pet shop

Tony morreu após ser esquecido dentro de caixa em pet shop

Shih-tzu morreu na cidade de Ortolândia

Um cachorro da raça shih-tzu de 11 meses de idade morreu na última sexta-feira (20) após ser esquecido dentro de uma caixa por pelo menos quatro horas num pet shop de Orlândia (365 km de São Paulo).

Tony, como o cãozinho se chamava, foi levado ao pet shop para tomar banho e receber uma tosa. A sala onde a caixa com o animal preso ficou esquecida tem pouca ventilação e é muito quente, segundo a proprietária do pet shop, a veterinária Cíntia Caparelli Fonseca, 47. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil como possível prática de maus-tratos.

Fonseca conta que era comum, nos últimos quatro meses, ela buscar Tony na casa dos tutores, às sextas-feiras, por volta das 9h, para o animal ser banhado e tosado. O cão era devolvido por volta das 12h. Na última sexta-feira, uma funcionária do pet shop banhou, tosou e colocou Tony na caixa, imaginando que a dona do estabelecimento, a exemplo do que sempre fazia, fosse levar o cachorro às 12h para os tutores.

Naquele dia, porém, a veterinária foi atender cães doentes em outras residências, no período da tarde, e esqueceu Tony no pet shop.

Às 16h, a estudante Maira de Andrade, 25, tutora do cachorro, ligou à veterinária e reclamou que o cachorro ainda não tinha sido entregue.

Conexão Pet não entende como alguém pode achar que uma vida pode ser tão facilmente substituída.

 

Fonte: BOL

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>