‘Hóspede’ de hotel, gata é proibida de circular por regras de higiene em NY

A gata Matilda III com sua nova coleira, restrição para não circular em áreas onde é servida comida

A polícia sanitária de Nova York causou comoção esta quarta-feira ao obrigar o Hotel Algonquin, um clássico de Manhattan, a colocar na coleira o gato da recepção, um mascote tradicional desde a década de 1930.

Matilda, décima gata do Algonquin e terceira com esse nome, teve que suportar a humilhação de usar coleira e corrente depois que os inspetores dos serviços de higiene decretaram que o hotel de prestígio, que também tem um restaurante, não mantenha animais soltos onde serve comida.

A ameaça de receber uma má classificação da inspeção sanitária que pudesse comprometer a reputação da instituição obrigou a direção do hotel a privar a liberdade da bichana.

O Hotel Algonquin sempre teve gato desde 1930. Matilda, assim como seus predecessores, recebe mensagens e tem dormitório próprio e serviço de quarto.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>