PM mata cão e causa revolta de moradores na região central de SP

Neste local, o cão costumava dormir com seu tutor

Animal era tutelado por gum morador de rua na Liberdade

A morte do cachorro de um morador de rua causou a revolta de moradores do bairro da Liberdade, na região central de São Paulo na madrugada desta quinta-feira (20). O animal foi morto a tiros por um policial militar que foi até ao local onde moradores de rua costumam passar a noite, porque um deles é suspeito de quebrar o limpador de parabrisa de um carro.

Na abordagem, houve confusão. O cachorro levou dois tiros. Segundo a vizinhança, ele era uma mistura de pit bull com fila.

A morte do animal provocou revolta. <É um abuso de poder mesmo da polícia, não dá para gente conviver com isso. Até quando?<, indagou a comerciante Cláudia Carlini.

O policial que atirou não quis gravar entrevista, mas afirmou que se sentiu ameaçado pelo cão. O PM disse que a última alternativa foi dar os dois tiros para preservar a própria segurança. De acordo com o policial, os moradores de rua foram agressivos com os PMs.

Policiais disseram que tentaram afastar o animal com um bastão e uma lanterna, mas não conseguiram.

Conexão Pet espera que o caso seja apurado com rigor pela PM. Mais uma vez vemos um animal morto por policial. Como perguntou a comerciante entrevistada na matéria: até quando?

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>