Polícia do DF investiga caso de cadela atingida por ácido

Cadelinha foi covardemente queimada

Animal teve corpo e olho queimados, mas vai sobreviver, diz veterinária

A polícia do Distrito Federal investiga uma denúncia de maus-tratos a uma cadela no bairro Gama que teve o olho direito e o corpo queimados por um produto corrosivo. Segundo os tutores do animal, a cadela tem o hábito de sair à rua sozinha. Na terça-feira de carnaval, Nina voltou do passeio com as queimaduras.

A veterinária Jeandra Ferraresi fez o primeiro atendimento no animal. Segundo ela, o produto jogado na cachorra pode ter sido soda caústica ou algum outro tipo de ácido. Apesar da gravidade dos ferimentos, a veterinária disse que ela vai sobreviver.

O comerciante Claudio Mai, vizinho da família, disse não saber quem atacou a cadela, mas viu o momento em que ela saiu de um local onde pode ter sido atacada.

Os tutores da cadela registraram ocorrência na 20ª delegacia de polícia, no Gama. O delegado Paulo Henrique Almeida informou que a polícia já tem um suspeito. Os agentes estiveram na região que fica perto de um supermercado e ouviram funcionários do estabelecimento.

Conexão Pet lamenta mais um caso de crueldade contra animais e é por situações como estas que recomendamos firmemente que os animais não saiam desacompanhados de casa.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>