Suspeito de estrangular mulher diz que cão do casal é o assassino

Cão da raça labrador, como o da foto, é acusado de sufocamento pelo tutor

Alemão de 50 anos disse que labrador pode ter deitado sobre a mulher

Um alemão suspeito de matar a própria mulher por estrangulamento em Düsseldorf acusou o cão do casal de ter provocado a morte, segundo informou o jornal

O homem de 50 anos disse que o labrador do casal, que pesa cerca de 35 kg, pode ter deitado sobre a mulher e sufocado-a. Segundo o advogado, o casal havia bebido em excesso na noite do crime, em novembro de 2010.

O acusado alega que a mulher levou um tombo e caiu no banheiro, e ele não conseguiu erguê-la, por isso lhe deu um travesseiro e um cobertor e foi para cama. Apenas na manhã seguinte ele a teria encontrado morta.

Apesar de o homem já ter sido condenado inicialmente por homicídio, o caso foi reaberto recentemente, depois que uma corte federal afirmou que o fato de a mulher ter sido estrangulada por vários minutos não significa necessariamente que ela foi morta intencionalmente.

Um especialista em cães também passou a ser ouvido no caso, e ele defende que, apesar de eventualmente provocar a morte de filhotes recém-nascidos, é impossível que um labrador tenha causado a morte de uma pessoa adulta.

 

Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>