Veterinária adota animais que seriam sacrificados em Brasília

João e Maria mostram que têm uma vida feliz

Nova tutora diz que hoje cães estão adaptados e brincam sozinhos

Infelizmente para muitas pessoas sacrificar um animal é um procedimento muito simples: se ele está velho, se é indesejado, ou se terá um membro amputado… qualquer pequeno motivo é suficiente para dar cabo da vida dos animais.

O que mais nos surpreende são veterinários que aceitam realizar a eutanásia, mesmo quando percebem que o animal poderá ter uma vida perfeitamente normal.

Mas, para nosso alívio, há aqueles que honram a profissão e a missão de salvar animais. Este é o caso da veterinária Rafaela Costa Margini, de Brasília.

Rafaela adotou dois cães da mesma ninhada, que nasceram sem as patas dianteiras, quando soube que sua tutora não os queria e iria sacrificá-los.

João e Maria, como foram batizados, necessitaram de cuidados especiais quando eram filhotes, mas hoje estão perfeitamente adaptados à sua condição e até mesmo brincam sozinhos.

A veterinária não desgruda de seus mascotes e fica sempre junto deles, seja em casa ou no consultório: < A vida independente das suas diferenças pode estar acontecendo. Eles se viram super bem e estão aqui para provar tudo isso<, diz Rafaela.

Conexão Pet parabeniza a veterinária Rafaela por honrar sua profissão e mostrar o que é o verdadeiro amor.

 


Fonte: G1

Compartilhe!


Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>